Aviões Hello Kitty

A EVA Air de Taiwan acrescentou recentemente mais dois Hello Kitty-themed aircraft para a sua frota, tendo um total de cinco, em que tudo, desde a fuselagem dos aviões, uniformes dos comissários de bordo, até a comida  estão equipados com imagens da marca Hello Kitty.

“Os passageiros adoram o mundo dos jatos da Hello Kitty desde seu lançamento – Todos os jatos da Hello Kitty tem mais de 85-90 por cento de ocupação” disse Liu Liwen, relações públicas do Grupo Evergreen, empresa controladora da EVA Airways.  “Portanto, EVA Airways decidiu lançar mais dois aviões para que possamos voar mais destinos e entreter mais passageiros. ”

Fonte: http://www.cnngo.com

Anúncios

Bem-vindo à TUAKAZA!

Daniel Miranda

Localizado na maior floresta urbana do mundo, a Floresta da Tijuca, o TUAKAZA é uma guest house bem diferenciada das demais.

Com vista para a Praia do Pepino, Pedra da Gávea e Pedra Bonita, nesta casa você pode sentir a tranquilidade da floresta, bem como estar bem perto da praia e das várias atrações turísticas que o Rio de janeiro oferece.

Se preferir, pode ficar à beira da piscina curtindo uma cachoeira particular.

Esqueça a formalidade dos hotéis convencionais. Lá ninguém é tratado por senhor ou senhora. Todo mundo é chamado pelo nome para se sentir realmente em TUAKAZA.

Veja tudo o que a TUAKAZA oferece nessa entrevista exclusiva com Matteo Basadonna, sócio-proprietário da casa.

O arroz proibido

Daniel Miranda 

O arroz negro, que vem originalmente da China e que há 4 mil anos atrás, a cada 5 mil grãos de arroz normal, surgia um grão negro que somente o imperador podia comer. Pela sua fama de produto afrodisíaco era chamado de “Arroz Proibido”. Através de um acidente genético um produtor conseguiu produzi-lo. Possui grãos curtos e meio arredondados, textura macia, sabor e aroma acastanhado e coloração preta.

Carne de soja com vinho biológico

A prática da boa alimentação e cuidados com a nossa saúde elevou a patamares respeitáveis muitos métodos de fabricação de alimentos no cultivo e cuidados agrícolas. Os produtos biológicos nunca estiveram tanto em evidência como nos dias de hoje. No ano de 1863 a praga Phylloxera vastatrix, ou “filoxera”, devastou quase em todo o mundo plantações de vinha, sendo necessário vários métodos de prevenção para tentar ao menos freiar aquela que foi a responsável por quase 5 décadas do que chamamos de “anos zero” da produção de vinhos.

Quase 50 anos depois ainda foi preciso muitos esforços e uma evolução nos métodos e estudos de solo para se plantar uvas novamente sem o ataque feroz da praga impiedosa que arrasava, não somente a planta, mas também sua raiz como um todo. Poucos produtores fabricam vinho biológico. Apenas pelo risco o torna um vinho especial e especial mesmo é o Altano Doc 2009 da Graham’s. Um vinho que me surpreendeu pela cor, aroma, maciez e um toque ao rústico que me fez perguntar se não seriam assim os vinhos de 300, 500 anos atrás…

Um vinho que gostaria de experimentar com uma carne de soja com poucos condimentos mesmo sabendo que até mesmo com um bom e alto bacalhau grelhado ao azeite e alho faria grande par por ser versátil e não apresentar grandes ressaltos em harmonização.

Acho que fica a dica para aqueles que não querem sair de sua dieta rigorosa e não arriscar com nenhum tipo de vinho mais forte, o vinho veio para agradar os que não saem de suas filosofias naturais. Com uma fermentação em cubas de aço inoxidável e estágio de nove meses em barricas de carvalho, julgo ser o vinho certo para aqueles que gostam de brincar com peixe e vinho tinto.

O altano biológico Doc 2009 da Graham’s me transportou ao meu primeiro beijo, sem a “maldade” das toxinas, a “malícia” dos fertilizantes e nascido apenas de Terroir,sem substância alguma. Vindo de um amor primogênito na arte de fazer bons vinhos, dois toques leves de baunilha, amora madura, um perfume suave de flores e aquela eterna vontade de quero mais!

Bye e até breve,

David Chaves Saraiva.

O avião dos sonhos: camas, coquetéis e sem crianças

Aviões devem deixar de ser meros meios de transporte. O avião ideal também deve ser uma fonte de entretenimento e relaxamento.

Isso é o que uma pesquisa de voos realizada pela empresa Skyscanner encontrou, quando perguntou a 1.000 passageiros que características gostariam de ver em seu avião dos sonhos.

Um quinto dos entrevistados disseram que queriam cápsula de estilo beliche para tirar uma soneca completamente deitado.

Outro pedido foi uma classe à prova de som (choro e berros) de crianças. Assentos anti-chute e cadeiras de massagem também foram muito requisitados.

Talvez um pouco mais desconcertante foi a demanda para uma seção de solteiros, onde os passageiros poderiam se misturar com outros solteiros. Afinal, não há nada mais romântico do que “flertar” em pleno ar.

Paredes transparentes também foram requisitadas para saber o que acontece e quem está na outra classe.

E é claro um cocktail bar, se possível localizado na seção dos solteiros.

Lista de desejos Top 10 para o avião dos sonhos

1. Beliches (20 por cento dos inquiridos)
2. Seções com isolamento acústico para crianças (18 por cento)
3. Assentos anti-chute (8 por cento)
4. Cadeiras de massagem (8 por cento)
5. Utilização gratuita de iPads (5 por cento)
6. Andares transparentes e tetos (5 por cento)
7. Seção para solteiros (4 por cento)
8. Chuveiros (4 por cento)
9. Cinema (3 por cento)
10. Cocktail bar (2 por cento)

Fonte: http://www.cnngo.com